Libertadores: para Fabrício, Tolima preocupa ainda mais que o Corinthians

Os jogadores celestes são unânimes em dizer que o grupo celeste na Copa Libertadores é considerado ‘da morte’. Ainda que o Corinthians não passe pelo Tolima, o clube colombiano deixou uma boa impressão nos cruzeirenses e já tem o respeito dos atletas, na Toca da Raposa II.

O volante Fabrício chegou a dizer, inclusive, que teme mais o Tolima do que o Corinthians. “A gente procura acompanhar os times que a gente pode enfrentar. A gente viu o Corinthians, não mudou muito do ano passado, o Tolima também é um bom time, me preocupou ainda mais do que o Corinthians”.

Fabrício disse que o Timão não o surpreendeu, pois é praticamente o mesmo do ano passado. Em 2010, o Cruzeiro venceu os paulistas por 1 a 0, no Parque do Sabiá, e perdeu por 1 a 0, no Pacaembu, quando foi prejudicado pela arbitragem de Sandro Meira Ricci em diversos lances.

”O Corinthians jogou (contra o Tolima) igual vinha jogando ano passado, do mesmo jeito. Perdeu uma peça importante que é o Elias e vai sentir um pouco a falta desse jogador. Não me surpreendeu, Corinthians joga aquilo ali. Campeonato Brasileiro é longo, dá para você errar bastante e ainda chegar lá na frente, Libertadores é tiro curto, as equipes dão o máximo a cada jogo e assim fez o Tolima”, analisou o volante.

Superesportes

Interesse do Cruzeiro em manter Fabrício inviabiliza desejo de Adilson Batista

Do UOL Esporte
Em Santos (SP)
Adilson Batista quer um novo volante no Santos, e recomendou a contratação de Fabrício, atualmente no Cruzeiro. No entanto, a vinda do jogador é improvável, já que o contrato com a equipe mineira termina no fim de 2011, e o jogador está nos planos do clube para a disputa da Libertadores.

A esperança santista era a de ver Adilson convencer o volante a trocar de clube. Como Fabrício prefere não se posicionar no caso, e a diretoria santista se recusa a fazer uma proposta pela compra do jogador, a negociação sequer foi iniciada.

“Nós sabemos do interesse do Santos por conta do Adilson Batista. Mas isso de nada adianta. Santos e Cruzeiro estão na Libertadores, e sem uma boa proposta para o clube, o Fabrício não vai sair”, disse o empresário do jogador, Reinaldo Pitta, em entrevista ao UOL Esporte.

A direção do Cruzeiro não confia que o Santos seja capaz de fazer uma oferta de compra dos diretos econômicos do volante. Porém, o caminho está aberto para o alvinegro, já que Fabrício não é tratado como inegociável.

“O Fabrício é um jogador importantíssimo no nosso plantel, da inteira confiança do treinador Cuca, um jogador que se identifica muito também com o nosso torcedor. Agora, nada impede, se aparecer uma proposta que seja altamente interessante para o Cruzeiro e boa para o atleta, que ele possa dar um novo rumo em sua carreira”, destacou o diretor de futebol do Cruzeiro, Dimas Fonseca, em entrevista à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte.

Para a posição de volante, o Santos contratou Elano recentemente. No entanto, Adilson Batista exige a contratação de um novo jogador para a posição.

Fabrício foi treinado por Adilson pela primeira vez em 2006, no Júbilo Iwata, do Japão. A ida para o Cruzeiro, em 2008, ocorreu graças ao pedido do então treinador do clube mineiro.

Os números de 2010

Os duendes das estatísticas do WordPress.com analisaram o desempenho deste blog em 2010 e apresentam-lhe aqui um resumo de alto nível da saúde do seu blog:

Healthy blog!

O Blog-Health-o-Meter™ indica: Este blog é fantástico!.

Números apetitosos

Imagem de destaque

Um Boeing 747-400 transporta 416 passageiros. Este blog foi visitado cerca de 1,900 vezes em 2010. Ou seja, cerca de 5 747s cheios.

 

Em 2010, escreveu 6 novo artigo, aumentando o arquivo total do seu blog para 149 artigos. Fez upload de 6 imagens, ocupando um total de 196kb.

O seu dia mais activo do ano foi 14 de novembro com 66 visitas. O artigo mais popular desse dia foi Fotos.

De onde vieram?

Os sites que mais tráfego lhe enviaram em 2010 foram orkut.com.br, fcdogustavo.wordpress.com, en.wordpress.com, orkut.com e fcthiagomartinelli.wordpress.com

Alguns visitantes vieram dos motores de busca, sobretudo por fabricio cruzeiro, fabrício cruzeiro, fabricio do cruzeiro, juntos somos mais fortes e cruzeiro mania

Atracções em 2010

Estes são os artigos e páginas mais visitados em 2010.

1

Fotos fevereiro, 2008
17 comentários

2

Fabrício não se desespera com derrota do Cruzeiro setembro, 2008

3

Cruzeiro presta homenagem aos torcedores em banner da loja Cruzeiro Mania setembro, 2008

4

Fabrício fica por mais dois anos dezembro, 2008

5

Fabrício culpa estratégia, mas vê tropeço do Cruzeiro como comum setembro, 2008

Fabrício volta e Rômulo cumpre suspensão

Da Toca II

João Marcos Dias

O Cruzeiro contará com o reforço do volante Fabrício para a decisão contra o Corinthians, no sábado, às 19h 30, no Pacaembu. O jogador cumpriu suspensão diante do Vitória-BA e volta a ter condição de jogo. Já o lateral-direito Rômulo recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca o time na 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com Fabrício, o técnico Cuca terá condição de formar o trio de volantes com Henrique e Marquinhos Paraná, que vinha sendo escalado até o clássico contra o Atlético-MG. O treinador ainda tem como opções mandar a campo dois volantes e dois armadores ou mesmo manter o esquema com três zagueiros utilizado contra o Vitória-BA.

O atacante Wellington Paulista ficou fora das últimas quatro partidas devido a uma lesão no joelho direito e já está liberado para a preparação física. A expectativa é que o jogador trabalhe durante a semana e chegue ao sábado em condição de defender o Cruzeiro.

História recente mostra bom desempenho do Cruzeiro em jogos no Pacaembu

Desde 2003, início dos pontos corridos, time celeste tem mais vitórias no palco da decisão de sábado, contra o Corinthians. Última partida lá é de ótima recordação

Corinthians e Cruzeiro vão se enfrentar neste sábado, às 19h30 no Estádio Pacaembu. A partida é tratada como uma decisão do Campeonato Brasileiro, já que marca o encontro do segundo e terceiro colocados, respectivamente. O fato de a partida ser em São Paulo pode apontar um favoritismo para o time da casa, apesar de ambos estarem com 60 pontos. Mas não é isso que tem mostrado a história recendo do Campeonato Brasileiro.

Desde que a competição passou a ser disputada nos pontos corridos, o time celeste já esteve no mais tradicional estádio da capital paulista em oito oportunidades e o saldo é positivo. Contra o Corinthians, time que mais usa o estádio, foram seis partidas, mais os jogos contra São Paulo e Palmeiras.

Até agora, são quatro vitórias contra três derrotas, além de um empate. A última vez que a Raposa venceu no Pacaembu foi neste Brasileirão, na marcante virada sobre o Palmeiras. Depois de perder o primeiro tempo por 2 a 0, o técnico Cuca mudou o time com as entradas de Roger e Farías e o Cruzeiro virou para 3 a 2.

As outras três vitórias foram em jogos com o Corinthians. Em 2003 e no ano passado foram mais marcantes. No ano da Tríplice Coroa o Cruzeiro venceu por 1 a 0, com gol do lateral-direito Maurinho. Também por 1 a 0 foi o triunfo de 2009, com gol de Gilberto.

A partida do ano passado foi válida pela 31ª rodada do Brasileirão e manteve a Raposa viva na briga por uma vaga na Libertadores, que acabou confirmada na última rodada, depois de vencer o Santos por 2 a 1, na Vila Belmiro.

Já em 2003 o jogo foi pela 32ª rodada e o gol de Maurinho, aos 21 minutos do primeiro tempo, manteve a distância para o Santos. Naquela época, porém, o Brasileirão era maior, com 24 clubes na Série A. Assim a competição não estava ainda na reta final, já que foi disputada até a 46ª rodada.

Todas as três derrotas foram para o Corinthians e aconteceram em sequência. Mas a que está na memória dos cruzeirenses é a de 2005. O Corinthians confirmaria a conquista do título brasileiro meses depois, mas o triunfo paulista por 4 a 3 ficou marcado pela péssima arbitragem de Héber Roberto Lopes, desde então na lista negra dos torcedores celestes.

O único empate foi contra o São Paulo, em 2004. O fato marcante dessa partida foi o retorno do lateral-esquerdo Sorín. Depois de anos no futebol europeu ele retornou ao Cruzeiro para disputar o restante do Brasileirão

Copa Libertadores

O volante garantiu já estar com a cabeça no jogo de quarta-feira, contra o São Paulo, pela Copa Libertadores. “O pensamento é lá. É um jogo de classificação, não tem dorzinha, não tem desculpa para nada. Vale lá jogar, como a gente joga aqui no Mineirão. As medidas do Morumbi são as mesmas, então não tem que estranhar. É chegar lá e buscar a vitória”. (UAI)